Connect with us

Notícias

MrBeast, estrela do YouTube, processa cozinha fantasma por trás do MrBeast Burger.

Publicado

on

O famoso youtuber de sucesso, MrBeast, está processando a Virtual Dining Concepts, a empresa por trás de sua cadeia de restaurantes virtuais, MrBeast Burger, por danificar a marca MrBeast. De acordo com o processo, milhares de fãs enviaram críticas negativas ao MrBeast Burger, muitos dos quais compartilharam fotos de hambúrgueres e sanduíches de frango com carne crua e imprópria para consumo. A equipe de MrBeast também alega que a Virtual Dining Concepts violou seu contrato ao não pagar royalties e registrar as marcas comerciais do MrBeast Burger sem permissão do YouTuber. Portanto, a equipe de MrBeast está processando a empresa de restaurantes virtuais para sair do contrato e fechar o negócio do MrBeast Burger.

A franquia MrBeast Burger faturou milhões de dólares desde sua abertura em 2020, no entanto, segundo o processo, o próprio MrBeast – o jovem de 25 anos, Jimmy Donaldson – “não recebeu um centavo” e tem dinheiro a receber do empreendimento. Para piorar, os clientes afirmam que a comida é “imprópria para consumo”.

Desde o lançamento, a rede de hambúrgueres recebeu críticas mistas. No entanto, a marca é popular o suficiente para que no ano passado, dez mil crianças e adolescentes lotaram o shopping American Dream, em Nova Jersey, para a inauguração de uma loja física do MrBeast Burger. Alguns passaram a noite inteira na fila para serem os primeiros.

Mas, de acordo com o processo, MrBeast sente-se decepcionado por estar desapontando esses fãs.

“Quando perguntaram a Joe DiMaggio por que ele se esforçava em cada jogada de cada jogo, ele respondeu que ‘sempre há uma criança que pode estar me vendo pela primeira vez. Eu lhe devo o meu melhor'”, começa a reclamação legal. “Isso resume a filosofia que um dos criadores de conteúdo online mais bem-sucedidos e prolíficos do mundo [MrBeast] traz para tudo o que faz.” (Observação: processos legais geralmente não começam com citações de Joe DiMaggio.)

Segundo a equipe de MrBeast, o YouTuber reclamou para a Virtual Dining Concepts sobre a falta de controle de qualidade na cozinha virtual, mas a empresa não corrigiu esses problemas. O processo inclui um documento de 85 páginas destacando apenas uma fração das críticas negativas em torno do empreendimento, que chamam o MrBeast Burger de “o pior hambúrguer de todos os tempos”, “um terrível hambúrguer meme”, “cru e repugnante” e “tão duro como couro de sapato”.

Como uma cozinha virtual, a Virtual Dining Concepts usa as cozinhas de restaurantes locais para preparar a comida e a vende em aplicativos de entrega como Grubhub, UberEats e DoorDash. A empresa trabalha com outras estrelas da internet, como os apresentadores do podcast esportivo Pardon My Take, que abriram um restaurante chamado Pardon My Cheesesteak.

No entanto, os consumidores estão perdendo a confiança nas cozinhas virtuais. Em março, o Uber Eats removeu 5.000 dessas marcas de seu aplicativo. John Mullenholz, do UberEats, disse ao Wall Street Journal que os clientes estão “efetivamente vendo 12 versões do mesmo cardápio” no aplicativo, o que gera uma situação de “Velho Oeste, vale-tudo”, que “erode a confiança do consumidor”. Nos melhores casos, as cozinhas virtuais podem oferecer aos aspirantes a donos de restaurantes a oportunidade de testar um cardápio sem pagar os custos de um espaço físico; mas muitas vezes, as cozinhas virtuais são apenas tentativas medíocres de ganhar dinheiro com cadeias como Chili’s, Applebee’s ou até mesmo Chuck E. Cheese.

No processo, a equipe de MrBeast incluiu um e-mail de um pai que pediu o MrBeast Burger para seus filhos e, após se decepcionar com a qualidade da comida, descobriu que a cozinha virtual era, na verdade, uma filial da 7-11.

“Eu simplesmente não entendo como um lugar como a 7-11 deveria preparar e servir hambúrgueres de US$ 10 e batatas fritas caras para uma figura tão conhecida e amada por tantas pessoas, especialmente quando eles chegam em uma sacola de plástico branca”, escreveu o cliente.

Outras cozinhas virtuais operadas pela Virtual Dining Concepts parecem ter problemas semelhantes, de acordo com avaliações de clientes online. Um cliente do Pardon My Cheesesteak em Kansas escreveu no Yelp: “Este não é um lugar real. Eu pedi pelo DoorDash e recebi uma ligação uma hora depois dizendo que o IHOP não tem ingredientes suficientes para atender ao meu pedido. Eles são apenas um fornecedor para vários restaurantes.”

Criadores de conteúdo da internet, como MrBeast, buscam empresas como alimentos e produtos para capitalizar em sua fama possivelmente passageira, desenvolvendo outras fontes de receita. Mas se você pedir um hambúrguer cru com o nome de seu YouTuber favorito, ficará com um gosto amargo (se não pior) na boca.